29º Domingo Tempo Comum – Ano A

0
707
Foto Reprodução

“O amor de Deus não se compra, a gente tem que conquistar todos os dias. “

– Missa: Dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus

– Evangelho: Mt 22,15-21

Acolhida – Boa noite queridas crianças. Boa noite a todos aqui presentes. Sejam todos muito bem vindos a esta celebração.

(Desenhar uma nota de cem reais bem grande, ou mostrar um nota de qualquer valor para as crianças).

Vejam sós crianças que nota bonita. É uma nota de dinheiro, moeda corrente de nosso país (que valor ela tem?).

O que será que podemos comprar com ela? Vamos ver: eu compro roupas? Sapatos? Comida? Carros? Casa? O que mais vocês podem comprar com esse dinheiro? Tudo? Será que podemos comprar tudo com esse dinheiro?

É verdadeiramente o dinheiro no nosso mundo compra-se quase tudo, mas tem uma pessoa , um valor que esse dinheiro aqui não compra , sabem o que é?

Isso! Deus. O amor de Deus não se compra, a gente tem que conquistar todos os dias. Ao mundo damos o dinheiro, a Deus damos nosso amor.

Hoje, Jesus vem nos ensinar no evangelho essa verdade, que devemos dar ao mundo o que dele pertence, mas que devemos guardar o melhor de nós para darmos ao nosso Deus.

Em pé com alegria vamos iniciar nossa celebração cantando

Ato penitencial – (Desenhar uma balança, sendo que, na parte direita tem um coração e na parte esquerda um desenho do planeta Terra, essa balança precisa de pratos para ir colocando as pedrinhas e deixando que elas pesem de um só lado)

Olhem só essa balança. Para que serve uma balança? Uma balança serve para gente pesar todas as coisas. Essa aqui é especial, ele pesa as coisas que devemos dar ao mundo e as coisas que devemos dar a Deus. Aqui comigo existem muitos atos que praticamos durante nossa vida e temos que agora colocar na balança para ver ao quem estamos servindo a mais, se Deus ou se o Mundo. Então, desse lado da balança está Deus, representado por esse coração, do outro lado está o mundo, representando pelo planeta terra.

E aqui, entre um e outro, a balança, com que iremos pesar nossos atos.

Então para cada ato eu vou colocar uma pedra, está bem?

Toda vez que eu tenho um dinheiro a mais meu dou para uma obra de caridade ou eu gasto com coisas para mim?

Então peso para o lado do mundo.

Todo domingo que tem festa á tarde e tem missa eu escolho sempre…?

Outro peso para o mundo.

Toda vez que minha mãe me chama para rezar e eu estou no computador eu deixo o computador ou vou rezar?

Ponto para o mundo.

E quando acontece de na missa meus colegas me chamarem para conversar, eu peço para que eles respeitem ou eu converso?

Icha!!! A coisa está feia aqui na balança, é muito peso para o mundo e Deus não está levando nada.

Será, crianças, que na nossa vida temos sido assim? Valorizando mais as coisas materiais, nossos prazeres e deixando sempre para segundo, terceiro quarto plano nosso Deus?

Será que tudo tem mais valor, pesa mais em nossa vida do que Deus?

Pois acreditem ou não, todos nós temos valorizado algo material muito mais que a Deus, por isso precisamos pedir perdão, perdão porque cometemos esses atos que deixam Deus triste. Pedimos também que Deus corrija nosso coração e nos dê a alegria de viver seu perdão nos reconciliando. Vamos todos cantar pedindo perdão ao nosso Deus.

Leitura – Neste momento, crianças, Deus quer nos falar sobre sua história. Quer nos contar através de palavras bonitas e histórias tão vivas, como devemos ser fiéis aos seus planos e não nos deixar cair na tentação do mundo que quer nos enganar, nos levando para longe Dele. Vamos então com atenção e carinho ouvir nossa leitura de hoje.

Aclamação – Dar a César o que é de César, dar a Deus o que é de Deus. Esse é nosso desafio, sabermos dar a Deus o que Ele merece de nós.

Com alegria, crianças, um dos sentimentos mais nobres que temos e que devemos sempre a Deus dar, vamos cantar saudando suas palavras.

Evangelho – história no final

Preces –

– Pela nossa amada igreja, para que firme em seus propósitos continue erguendo a bandeira da paz, unindo todos os povos num só desejo de viver os planos de Deus em suas vidas, rezemos.

– Pelas nossas famílias para que não se cansem de viver a luz do evangelho, tendo forças para lutar contra as tentações do mundo, revelando a Deus todos os sentimentos de amor que nelas contém , rezemos.

– Pelas nossas crianças, pequenos frutos da nossa comunidade, que o Espírito Santo promova a caridade, a afetividade e o desejo de seguir sempre a boa nova em suas vidas, rezemos.

Ofertório – (Confeccionar moedas com os sentimentos descritos para que as crianças os levem até o altar)

Na acolhida eu mostrei para vocês essa nota, não foi mesmo? Essa é a moeda corrente de nosso país onde podemos comprar tudo que precisamos para nossa vida material.

Agora, vejam só que moedas diferentes eu confeccionei? Sim, são moedas que tem valor de ouro, pois são nossos presentes para nosso Deus, a essas moedas Deus se rende…

Rende-se frente a essa moeda de amor, que carregaremos nos nosso peito com seu nome gravado.

Rende-se a essa moeda de carinho com que pensamos Nele durante o nosso dia

Rende-se a essa moeda de alegria que expressa nosso entusiasmo de tê-lo em nossa vida

A essa moeda de Caridade, e a essa outra de fé.. . Com que levamos a nossa missão
Sei também que Deus é apaixonado por essa moeda corrente de oração e com essa de união entre todos nós, seus filhos, que é seu desejo de nos ver sempre unidos em seu coração.

E sei também que junto ao pão e ao vinho, Deus se rende também a essa moeda de coragem, coragem para lutar por todos os ideais que Ele busca nos colocar aqui na terra.

Temos a certeza que com essas moedas estaremos comprando um lugar bem pertinho de Deus.

Vamos cantar com alegria o canto de ofertório.

Comunhão – Aprendemos a valorizar ao nosso Pai do céu nos pequenos gestos que praticamos e no desejo e recebê-lo a cada celebração, de estarmos juntos Dele, de nos colocarmos diante de tua presença e nos fazer presentes em sua vida. E é com esse desejo, de estar sempre unidos a Ele, é que iremos cantando, com muita alegria ao seu encontro.

Ação de graças –

Agradecer é o bem maior que temos conosco, nada é mais bonito do que sermos agradecidos.

E como somos gratos ao nosso Deus pelas maravilhas que Ele realiza em nossas vidas… Pelos presentes que Ele nos dá sem que peçamos e por todos os que pedimos e somos ouvidos. E se esses presentes não acontecem é porque certamente Deus viu que eles não nos seriam necessários naquele momento.

Deus sempre sabe tudo, sempre sabe tudo. Por isso, crianças, com os olhinhos fechados, vamos agradecer ao Senhor, pela nossa vida, pela nossa família, pelo nosso alimento, por tudo que não nos falta. E também vamos pedir saúde para todos nós, alegria, paz, e muita presença amorosa de nosso Deus todos os dias de nossas vidas.

Que Ele ouça com carinho as palavras que vêem de nosso coração e sempre nos presenteie com sua presença de amor. Amém.

Kit livros para catequese e missa com crianças

Livro Jesus e as crianças – Ano A

Historinha para o teatro da semana: Deus também quer a sua parte

Página: 75

 

Adquira o Kit de livros e tenha as historinhas para ensaiar e depois apresentar para as crianças.

Essas histórias podem ser utilizadas como teatros nas Missas com Crianças ou nos Encontros de Catequese.

Semanalmente você pode conferir a historinha GRATUITAMENTE no site Catequese Católica – clique aqui e visite o site.

Fonte de pesquisa (preces e leituras) – www.homilia.com.br